Hospital Regional de Teófilo Otoni Terá Obras Retomadas

PUBLICIDADE

Hospital Regional de Teófilo Otoni Terá Obras Retomadas

Justiça libera R$ 645 milhões de mineradoras para obras em hospitais em MG.
O anúncio foi feito pelo governador Romeu Zema nesta quarta (29). O recurso também será usado na compra de 1 milhão de testes para COVID-19 e 300 ventiladores.
O governador Romeu Zema (Novo) anunciou que a Justiça liberou R$ 645 milhões, provenientes de medidas de compensação das mineradoras Vale e Samarco pelo rompimento de barragens em Brumadinho e Mariana. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva nesta quarta (29) na Cidade Administrativa. Os recursos empregados em obras dos hospitais regionais de Divinópolis, Conselheiro Lafaiete, Sete Lagoas e Teófilo Otoni.
"Como estamos enfrentando uma guerra, e uma guerra é composta de muitas batalhas, vamos mencionar série de medidas para o combate ao coronavírus, incluindo a realização de obras", disse o governador.
Os recursos serão empregados em 50 obras no Estado, como construção de unidades básicas de saúde, reforma e ampliação de unidades de saúde, construção leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e construção de blocos cirúrgicos.
Com os recurso, também serão adquiridos outros 300 ventiladores pulmonares. Já havia sido anunciado pelo governo a compra de 747 desses equipamentos. Outra ação será a aquisição de 1 milhão testes para COVID-19. O secretário de Planejamento e Gestão, Otto Levy, informou que R$ 584 milhões são oriundos indenizações negociadas com as mineradoras, sendo R$ 500 milhões da Vale e R$ 84 milhões da Samarco.

FONTE: ESTADO DE MINAS

Postar um comentário

0 Comentários